Informativos - Notícias


voltar1

02 de julho de 2015

Governo do RS anuncia R$ 70 milhões a municípios e hospitais

Secretaria informa que pagamento será efetuado nesta quarta-feira (1).


Metade dos recursos, ou seja, R$ 35 milhões, será destinada aos hospitais.

Secretaria Estadual da Saúde anunciou que será efetuado nesta quarta-feira (1) o pagamento de R$ 70 milhões a hospitais filantrópicos e públicos, prefeituras municipais e fornecedores. Segundo a SES, metade dos recursos, R$ 35 milhões, será destinada aos hospitais. O valor equivale a 40% dos incentivos estaduais, referentes ao mês de maio.

De acordo com o secretário estadual da Saúde, João Gabbardo dos Reis, o setor hospitalar já havia recebido em junho um repasse de R$ 18,7 milhões do Tesouro do Estado. Também está previsto o pagamento de R$ 8 milhões aos fornecedores da SES, principalmente os de medicamentos.

Já as prefeituras municipais, que desenvolvem programas vinculados ao Sistema Único de Saúde (SUS), receberão na quinta-feira (2) R$ 27 milhões. A Secretaria Estadual da Saúde diz que, com esses pagamentos, quita os débitos correspondentes ao mês de abril.

O governo esclarece que os valores que serão transferidos aos Fundos Municipais de Saúde são incentivos estaduais referentes aos seguintes programas: manutenção de bases do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), bases de Regulação, Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), Centros de Especialidades Odontológicas (CEOs), laboratórios regionais de próteses dentárias, equipes de Saúde Prisional, Primeira Infância Melhor e Estratégia de Saúde da Família (ESF), Farmácia Básica, Oficinas Terapêuticas, nNúcleos de apoio à Atenção Básica, Redução de Danos, e Atenção a Pessoas com Deficiência.

Diversos hospitais do Rio Grande do Sul enfrentam problemas com falta de recursos. Em reuniões com o governo, alguns decidiram manter atendimentos, como os de Osório. Porém, outros mantém a medida. É o caso do Hospital de Caridade de Santa Maria. A instituição diz que deixará de fazer 160 cirurgias e 900 consultas por mês.

Em Porto Alegre, o Complexo Hospitalar Santa Casa já fechou 41 leitos do SUS desde o início de junho. Ao longo deste mês de julho, a meta de 118 deverá ser atingida. A medida tem o objetivo de conter prejuízos de atendimentos realizados em 2013.

Em meio à crise na Saúde, o Ministério Público vai instaurar um inquérito civil para investigar a diminuição de repasses aos hospitais filantrópicos do Rio Grande do Sul.

Fonte:
G1